Referência / Obra

Balada das damas do tempo passado

A "Balada das damas do tempo passado" faz parte da coletânea O testamento, de François Villon. O título não foi dado pelo poeta, mas pelo editor, Clément Morot. em 1533. É talvez o poema mais célebre do autor, evocando liricamente mulheres célebres já falecidas, numa bela exploração do tema da efemeridade da vida, terminando cada estrofe pelo refrão: "Mais où sont les neiges d'antan?" ("Mas onde estão as neves de outrora?")

Total de 4 ocorrências
A+
A-